Os treze Melhores Exercícios Pra Braços

Os treze Melhores Exercícios Pra Braços


Como queimar gordura Sem Prejudicar O tecido muscular

Está em busca de exercícios pra trabalhar os seus braços, seja em casa, seja na academia? Dessa maneira dê uma olhada pela listagem com alguns dos melhores exercícios pra braços que selecionamos pra ti. Quem domina você não descobre novos movimentos para integrar e diversificar o teu treino! Antes de chegarmos à relação, contudo, é respeitável que você saiba que os exercícios pra braços não estão ordenados em ordem de preferência ou eficiência.


O exercício é feito com o auxílio de 2 halteres, e é um dos melhores para ampliar o tamanho dos braços. Funciona dessa forma: com um haltere em cada mão, o praticante fica com os braços estendidos ao lado do organismo, como mostrado pela imagem acima. As palmas das mãos devem ficar voltadas pras coxas. Dessa forma, sem remexer os antebraços, você necessita dobrar os cotovelos e levar os halteres para cima, o mais próximo dos ombros que puder.


Faça uma pausa e lentamente retorne à posição original, endireitando bem os braços. O modo de segurar os halteres na rosca martelo transfere trabalho pra um massa muscular que poderá fazer os braços ganharem uma aparência mais grossa.. Para aumentar o empenho do antebraço durante o exercício, a dica é trabalhar o pulso na vertical e empinar o polegar para cima no decorrer da elevação do haltere. Pra fazer o exercício, é preciso continuar pela posição de flexão em cima de uma esteira, com as mãos posicionadas juntas, de forma que os polegares e os indicadores se encostem.


Com o organismo em linha reta com o abdômen apoiado, abaixar o tronco até que o peito esteja um pouco acima do chão e voltar à localização original. A flexão diamante, que é um modo avançado de fazer a clássica flexão de braços, assim como assistência no acrescento dos braços e ainda trabalha o abdômen e o peitoral. O terceiro produto da nossa relação de exercícios para braços é outro que podes contribuir com o endurecimento e explicação da região e possui foco no tríceps.


Pra executá-lo é preciso deitar-se em um banco e segurar uma barra W. Com as costas estabilizadas, subir a barra, fazendo o movimento de extensão dos cotovelos. O peso precisa ser segurado pela linha dos ombros e a pegada precisa ser com as mãos próximas e as palmas das mãos voltadas pra cima. Os cotovelos devem apontar pra frente. Assim, descer a barra, fazendo o movimento de flexão dos cotovelos, até que ela se aproxime da testa. Depois de isso, subir o peso com a força do tríceps, fazendo o movimento de extensão dos cotovelos. Atenção: os ombros e os braços necessitam ficar imóveis durante todo o movimento.


Somente os antebraços devem se revirar. Temos nesse lugar um exercício de nível principiante que trabalha a potência dos músculos do bíceps e dos antebraços. Ele é produzido com o auxílio de uma barra. Para começar é preciso posicionar-se em pé e segurar uma barra com as duas mãos e as palmas pra cima, com uma pegada fechada, pequeno que a largura dos ombros.


O tronco deve estar reto e a cabeça erguida. Antes de começar o movimento, é significativo ter em mente que os antebraços e os cotovelos necessitam permanecer imóveis ao longo de todo o exercício. Desse jeito, suspender a barra em um movimento semicircular até que os antebraços encostem nos bíceps. Não deixar de exalar durante essa época e contrair bem os bíceps por um segundo pela parcela alta do exercício.


Lentamente retornar ao posicionamento original sempre que exala o ar. No decorrer da rosca de pegada fechada com barra é necessário evitar inclinar as costas ou balançar-se. Esse exercício de força que retém nível de dificuldade principiante trabalha os tríceps, como o próprio nome neste momento sinaliza. Porém, ele também aciona outros músculos como os deltoides, glúteos, posteriores da coxa, abdominais e quadris. Durante a realização do tríceps no banco, recomenda-se manter o corpo reto e evitar o relaxamento excessivo dos quadris.


Assim como é sério conservar os cotovelos presos no decorrer do exercício e impedir que eles abram para os lados. Como fazer: sentar-se pela beira de um banco com as mãos abaixo dos ombros, com as palmas firmes pela extremidade do banco e os joelhos flexionados a 90º, como na imagem acima. É preciso segurar firmemente, conservar o tronco firme e encaixado, contrair os glúteos e oferecer uns passinhos para a frente, deixando os braços inteiramente estendidos e sustentando o peso do corpo humano.


O próximo passo é flexionar os cotovelos e abaixar o corpo humano em frente ao banco, formando um ângulo de 90º, conforme a imagem acima. Ficar nesta posição por um instante, deixando os cotovelos perto ao tronco, e voltar ao lugar original com a força dos tríceps. Trata-se de um exercício que promove bastante força à divisão superior do corpo humano. Além de trabalhar o bíceps, sendo um dos sérias exercícios para braços da tabela, usados para puxar o peso do corpo humano, ele bem como mexe com outros músculos com os ombros e as costas.



  • Desenvolvimento com barra - 4 x oito

  • Tomates recheados: uma maneira distinto e prática de ingerir tomates

  • 2 colheres de sopa de molho de feijão preto

  • Pílula Que Engana Corpo Pra Queimar Gorduras é Montada
  • um pitada de fermento em pó

  • Carne magra

  • Faça teu aquecimento de hábito, lentamente antes da prova


Pra fazer o exercício, você precisa segurar a barra com as mãos, a uma distância equivalente à largura dos ombros e pendurar-se na barra, conforme mostrado pela figura acima, com os pés cruzados. Portanto, aperte as escápulas dos ombros para baixo e para trás, dobre os cotovelos e puxe a porção do alto do peito em direção à barra. Depois de fazer uma pausa, volte lentamente o corpo humano à localização original. Este é um dos exercícios para braços na nossa listagem uma vez que trabalha o bíceps. É executado com a barra EZ, tem nível newbie e trabalha o robustecimento da região muscular.


O exercício começa pela posição em pé, segurando a barra na cota exterior e larga do cabo, com as palmas das mãos direcionadas para fora, apontando pra frente e levemente inclinadas pra dentro devido ao formato da barra. Os cotovelos necessitam estar próximos ao tronco. Com os antebraços imóveis, exalar. Após, flexionar os cotovelos e conduzir a barra pra cima.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *